-->
Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta Prece pela Família. Classificar por data Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta Prece pela Família. Classificar por data Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 8 de junho de 2018


Com a permissão de Deus e da Espiritualidade amiga

Agora!

Aos Domingos

Pela Manhã - Culto Dominical / Mensagens Edificantes

Pela Tarde - Prece Pela Família / Louvores Cristãos

Pela Noite ( sempre à partir das 20h) - Evangelho No Lar 
________________________________________________________

Às Segundas Feira

Prece Aos Desencarnados
________________________________________________________

Às Terças Feira

Pela Manhã Escritos Apócrifos

Pela Tarde - Estudo dos Escritos Apócrifos
________________________________________________________

Às Quartas Feira

Pela Manhã - Culto Semanal

Pela Tarde - Palavra Amiga
________________________________________________________

Às Quinta Feira

Curiosidades Diversas
________________________________________________________

Às Sextas Feira

Pela Manhã - Culto Semanal

Pela Tarde - Estudos Bíblicos
________________________________________________________

Aos Sábados

Pela Manhã - Estudos Da Doutrina

Pela Noite - (Sempre à partir das 20h) - Nosso Evangelho No Lar

Lembrando ainda que:

Todo primeiro domingo - Santa Ceia

Todo último domingo - Culto de Ação de Graças

Todo último sábado - Retrospectiva mensal com as quatro postagens mensais mais vistas.




segunda-feira, 4 de junho de 2018

Cronograma do Blog - 2018


Com a permissão de Deus e da Espiritualidade amiga

Agora!

Aos Domingos

Pela Manhã - Culto Dominical

Pela Tarde - Prece Pela Família

Pela Noite ( sempre à partir das 20h) - Evangelho No Lar 
__________________________________________________

Às Segundas Feira

Prece Aos Desencarnados
__________________________________________________

Às Terças Feira

Pela Manhã Escritos Apócrifos

Pela Tarde - Estudo dos Escritos Apócrifos
___________________________________________________

Às Quartas Feira

Pela Manhã - Culto Semanal

Pela Tarde - Palavra Amiga
____________________________________________________

Às Quinta Feira

Curiosidades Diversas
____________________________________________________

Às Sextas Feira

Pela Manhã - Culto Semanal

Pela Tarde - Estudos Bíblicos
____________________________________________________

Aos Sábados

Pela Manhã - Estudos Da Doutrina

Pela Noite - (Sempre à partir das 20h) - Nosso Evangelho No Lar

Lembrando ainda que:

Todo primeiro domingo - Santa Ceia

Todo último domingo - Culto de Ação de Graças

Todo último sábado - Retrospectiva mensal com as quatro postagens mensais mais vistas.

_____________________________________________________

Nos vemos amanhã. Fiquem todos com Deus.




terça-feira, 8 de agosto de 2017

Família segundo a palavra de Deus




Deus criou nossa família para ser unida.
Ter sua família na presença de Deus, guiada por Ele. Não é apenas um privilégio, mas uma benção.
Os elos ficam fortalecidos, o respeito, o amor, a fidelidade fazem-se presentes.
A família mesmo estando sempre na presença de Deus passará por momentos de dor, dificuldades?
Sim, sim passará. O próprio Deus por intermédio de seu filho o Mestre Jesus deixou bem claro que nesse mundo teríamos aflições.
"Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.
João 16:33"
A vida com Deus é difícil. Pois requer que andemos na contra mão do mundo.
Mas Deus é fiel e cumpre o que diz sempre.
Basta que creiamos e perseveremos.
Pais ensinem a seus filhos sobre Deus, fale a eles sobre Deus, exorte-os a ter vida com Ele.
Filhos obedeçam e honrem a seus pais que Deus honrará vocês.
Na família todos devem se ajudar mutuamente. 
Nem sempre é fácil a convivência no lar, uma vez que a pensamentos divergentes, o jovem não concorda com o mais velho e vice versa.
Briga entre gerações sempre irão existir. 
Mas, nada que um diálogo franco, aberto não resolva.
E é exatamente isso o que esta faltando. Dialogo.
Um dialogo aberto e franco, baseado no respeito.
Um fala o outro escuta.
Sem contar que existem amizades, ambientes que ao invés de ajudar, atrapalham ainda mais.
Nessas horas cabe o bom senso.
Será que vale a pena ter amizades que atrapalham o relacionamento familiar?
Será que vale a pena frequentar um lugar que te induz ou mesmo te obriga a afastar-se da família.
Maridos será que vale a pena continuar com "aquela amizade" que provoca discórdia entre vocês?
Filhos?
Esposas?
Será que vale a pena mesmo destruir algo tão sagrado quanto a família em nome de uma instituição religiosa?
Veja o Deus nos diz acerca de você que negligência sua família por causa de amizades, instituições supostamente religiosas:
"Mas, se alguém não tem cuidado dos seus, e principalmente dos da sua família, negou a fé, e é pior do que o infiel.
Deus condena quem age assim. Se você insiste agir assim por mais que você seja dizimista, frequente todos os dias sua instituição religiosa, conhece a bíblia de Gênesis a Apocalipse aos olhos Dele você é pior que um infiel.
A própria palavra de Deus expõe a família como principio de tudo. 
"Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne.
Gênesis 2:24"
Sem a família não existiria humanidade, uma vez que não haveria procriação.
Vejamos:
Deus poderia ter enviado Cristo assim como enviou anjos, mas, não o próprio Deus enviou seu Filho muito amado para este mundo por intermédio de que? Uma família!
Convivendo com a mesma até a vida adulta onde começou seu ministério, terminando com sua crucificação, morte, ressurreição e ascensão aos céus onde Ele, Cristo Jesus continua seu ministério vamos assim dizer.
Valorize sua família, seu lar. Cuide, ame e respeite.
CULTO CRISTÃO NO LAR
O culto do Evangelho no lar não é uma inovação. É uma necessidade em toda parte onde o Cristianismo lance raízes de aperfeiçoamento e sublimação. A Boa-Nova seguiu da Manjedoura para as praças públicas e avançou da casa humilde de Simão Pedro para a glorificação no Pentecostes. A palavra do Senhor soou, primeiramente, sob o teto simples de Nazaré e, certo, se fará ouvir, de novo, por nosso intermédio, antes de tudo, no círculo dos nossos familiares e afeiçoados, com os quais devemos atender às obrigações que nos competem no tempo.Quando o ensinamento do Mestre vibre entre as quatro paredes de um templo doméstico, os pequeninos sacrifícios tecem a felicidade comum.A observação impensada é ouvida sem revolta.A calúnia é isolada no algodão do silêncio.A enfermidade é recebida com calma.O erro alheio encontra compaixão.A maldade não encontra brechas para insinuar-se.E aí, dentro desse paraíso que alguns já estão edificando, a benefício deles e dos outros, o estímulo é um cântico de solidariedade incessante, a bondade é uma fonte inexaurível de paz e entendimento, a gentileza é inspiração de todas as horas, o sorriso é a sombra de cada um e a palavra permanece revestida de luz, vinculada ao amor que o Amigo Celeste nos legou.Somente depois da experiência evangélica do lar, o coração está realmente habilitado para distribuir o pão divino da Boa-Nova, junto da multidão, embora devamos o esclarecimento amigo e o conselho santificante aos companheiros da romagem humana, em todas as circunstâncias.Não olvidemos, assim, os impositivos da aplicação com o Cristo, no santuário familiar, onde nos cabe o exemplo de paciência, compreensão, fraternidade, serviço, fé e bom ânimo, sob o reinado legítimo do amor, porque, estudando a Palavra do Céu em quatro Evangelhos, que constituem o Testamento da Luz, somos, cada um de nós, o quinto Evangelho inacabado, mas vivo e atuante, que estamos escrevendo com os próprios testemunhos, a fim de que a nossa vida seja uma revelação de Jesus, aberta ao olhar e à apreciação de todos, sem necessidade de utilizarmos muitas palavras na advertência ou na pregação.EmmanuelFonte: XAVIER, Francisco Cândido. Luz no Lar. Por diversos Espíritos. 8. ed. Rio de Janeiro: FEB, 1997. Cap 1, p. 11-12.Fonte: Folder distribuído pela Federação Espírita Brasileira.www.febnet.org.br


COMO FAZER DO EVANGELHO NO LAR?

Escolha um dia e uma hora da semana em que seja possível a presença de todos os membros da família ou da maior parte deles. Observar rigorosamente esse dia e horário para facilitar a assistência espiritual e consolidar o hábito da reunião. 
Inciar a reunião com uma prece simples e espontânea num local da casa menos exposto às perturbações exteriores, em seguida, fazer a leitura de um trecho de "O Evangelho Segundo o Espiritismo", aberto ao acaso ou previamente programado para estudo em sequência. Ou a própria Bíblia, vá na sua fé, naquilo que você acredita.
Fazer comentários breves sobre o trecho lido, trocando opiniões com o grupo quanto à aplicação dos ensinamentos na vida diária, evitando discussões, críticas e julgamento de membros do grupo ou de conhecidos em função da mensagem evangélica.
A reunião deve ser dirigida por um membro da família ou pela pessoa que tiver mais conhecimento doutrinário, que deverá estimular a participação de todos e conduzir as explicações ao nível do entendimento prático dos presentes. Pode-se fazer outras leituras afins.
A duração deve ser de até 30 minutos, no máximo, incluindo a prece de encerramento, em que se agradecerá a assistência espiritual, lembrando a próxima reunião.
Fonte: XAVIER, Francisco Cândido. Luz no Lar. Por diversos Espíritos. 8. ed. Rio de Janeiro: FEB, 1997. Cap. 1, p. 11-12.










segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Evangelho no Lar


Primeiramente boa noite a todos.
Sejam todos muito bem vindo ao nosso quarto Evangelho no Lar
Como disse anteriormente e sempre que o realizarmos é recomendado a realização do Evangelho ao menos uma vez na semana, sempre no mesmo horário. 
Em família ou mesmo individualmente.
O importante é consagrarmos um momento a uma união com o plano espiritual.
Para que haja harmonização do lar, para que haja um equilíbrio espiritual.
Pediria a gentileza do leitores do Blog, em especial dos que acompanham o Blog sempre ao ler, ao participar do nosso Evangelho cinco coisas simples, básicas. 
Que todos indistintamente podem fazer.
1- Olvidar todo e qualquer sentimento de mágoa, ressentimento, ira, medo.
2- Serene sua mente, acalme-se. Limpe seus pensamentos.
3- Separe previamente uma jarra, ou copo com água. Água esta que será fluidificada ao término do Evangelho 
4- Feito isso busquem se possível um lugar calmo, aprazível que não sofra com interferências externas.
5- Esqueça por hora os problemas do dia a dia, dissabores, dores, decepções. 
Que nada venha roubar, interferir sua paz interior, seu equilíbrio físico-espiritual.
Você a partir desse momento vai entrar em contato com o nível superior. 
Senhoras e senhores leitores do Blog Evangelismo Sem Placas Nem Fronteiras, vamos a partir desse momento iniciarmos mais um, Evangelho no Lar.
Elevemos portanto nossos pensamentos para que assim possamos todos receber ajuda da espiritualidade.

"Perto de Nós


Não devemos pensar em Jesus nas alturas, distante de nós. Ele está perto, bem perto de nós; Ele e sua mãe continuam ajudando a toda a humanidade"
Chico Xavier


Neste exato momento Maria está atuando como mentora espiritual, ministra das mais altas falanges espirituais, te enviando vibrações positivas de fé e esperança incutindo em vós uma vontade ardente de conhecer e receber eu tua vida ao Mestre Amado Nosso Senhor Jesus Cristo
E quanto a Jesus este está trabalhando arduamente para teu resgate espiritual
Eis que Cristo anseia ser chamado por ti
Não amanhã, depois, mas, agora. Com urgência
Com a máxima urgência
Maria é a voz doce e suave que te fala ao ouvido
E Cristo o ombro amigo, a mão forte que segura o leme do barco da salvação
Em outras palavras, Jesus e Maria estão mais próximos do que se imagina.

Prece Inicial

Senhor Deus estamos todos aqui irmanados na mesma fé para Vos agradecer por mais um dia em nossas vidas.
Gratidão Senhor por este recomeço.
Gratidão!

Pai nosso que estais nos céus
Santificado Seja Vosso Nome.
Venha a nós o Vosso reino.
Seja feita a Tua vontade.
Assim na Terra como nos céus.
O pão nosso de cada dia dá-nos hoje.
Dá nos Senhor a sabedoria de perdoar aos nossos ofensores como Tu perdoastes teus agressores em Tua crucificação.
Dá-nos a Tua pureza de olhar o outro como a um irmão. 
Sem julgamento, criticas de toda sorte e natureza e a ele estender a mão sem nada esperar em troca.
Não nos deixeis cair nas amarras da amargura, do preconceito, do murmurio, da ofensa e da inveja. 
E todo e qualquer sentimento negativo, que venha nos separar de Ti Soberano Deus de amor, paz e justiça.
Livra-nos de todos os males e daqueles os quais teremos que indubitavelmente passar faz-nos lembrar que tudo coopera para nosso próprio bem, amadurecimento e crescimento espiritual e pessoal.
Assim o seja.
Que este nosso Evangelho seja um Evangelho de amor, harmonia, trazendo-nos bem estar.
Que possamos não apenas ler, mas principalmente seguir o que está escrito e que estes ensinamentos venham a fazer parte de nossas vidas.
Meditemos portanto em tudo o que está escrito.
Vamos agora dar inicio a mais um Evangelho no Lar.

03 - ORAI SEMPRE 


Filhos, não vos esqueçais de orar sempre. A oração possibilita ao homem abrandar os próprios sentimentos. Quem se habitua a orar não se entrega ao desespero e à revolta. A prece jamais é um monólogo... Pelo recolhimento íntimo na oração, a criatura conversa com o Criador, que não a deixa sem resposta. Ato de fé solitário, a prece exterioriza a sinceridade do filho que, reconhecendo a própria insignificância, recorre aos préstimos do Pai, que tudo pode. Jesus orava com freqüência. Sem este contato pessoal com Deus, a crença do homem não passa de uma aparente manifestação de religiosidade. Os que oram nunca se fragilizam diante das lutas que faceiam. Orai no silêncio de vossas reflexões; orai com a vossa mente e com o vosso coração. Buscai forças no Alto para os embates inevitáveis do caminho, repleto de urzes e de pedras. Orai com as vossas mãos mergulhadas na caridade; que as vossas petições sejam referendadas pelas vossas atitudes no bem dos semelhantes... A persistência da fé remove obstáculos intransponíveis. A oração modifica o tônus espiritual de quem, por vezes, não enxerga saída para os impasses da existência. Quem não ora será sempre uma presa fácil da obsessão e do desequilíbrio oriundo de si mesmo. Filhos, abençoai as vossas provas! Afagai o madeiro que vos pesa nos ombros e, sob o sol causticante de vossas dificuldades, não vos afasteis do oásis aconchegante da oração. A prece é o ato de humildade que mais engrandece o espírito! Sede homens de fé e de oração. Quanto maior o desafio lançado à vossa crença, mais devereis vos curvar à necessidade de orar. "Pedi e obtereis" - exortou-nos o Senhor, em suas palavras jamais pronunciadas em vão. 

Explanação

Em outras palavras:
Da mesma forma como o corpo físico necessita de exercícios físicos a movimentar-lhe.
E a mente necessita de atividades lúdicas que a obrigue estar sempre ativa
Nosso corpo espiritual necessita da oração.
A oração é o bálsamo que se nos alivia as dores e decepções diárias.
O elo que se nos liga as forças superiores.
A oração é um meio que Deus utiliza para desenvolver a comu­nhão do crente com Ele. Falar com Deus é uma preciosa e indivisível dádiva do cristão. Desperdiçar a oportunidade de falar com Deus e ouvi-lo, quando estamos em ora­ção, é um atestado de enfermidade espiritual, cujo trata­mento requer urgência (Is 55.6; Jr 29.13).
Se o homem conhecesse o poder da oração em sua vida não a olvidaria ou mesmo lhe delegaria papel coadjuvante.
Da mesma forma que as redes sociais nos ligam a pessoas de varias origens e nacionalidades.
Aproximando os distantes.
O mesmo ocorre com a oração.
Porém com a correria do dia a dia a oração já não faz parte da vida de muitos e quando ora é algo corriqueiro e parece mais um monologo, a pessoa pede, pede e pede e depois se levanta e vai embora.
Esse é o motivo pela qual a oração já não é mais algo prazeroso em sua vida! Você ainda não descobriu o prazer e a satisfação em se relacionar com Deus. Em uma conversa é necessário ter um feedback para que possa ser entendido o dialogo, com Deus acontece do mesmo jeito, você  chega à Deus de todo coração e o próprio Deus garante chegar até você e lhe responder. Jr 33:3 e Tg 4:8.
O valor da oração está em sua prática constante como elemento vital e imprescindível à nossa vida espiritual. Lembremo-nos de que a oração “no Espírito” é parte da armadura de Deus para o cristão na sua luta contra o Diabo (Ef 6.11,12, 18).
O crente deve estar consciente da proximidade de um Deus, que é pessoal e al­meja se comunicar com os seus filhos. Às vésperas de sua morte no Calvário, Jesus confortou e revigorou seus discípulos com a promessa de que suas orações se­riam respondidas se direcionadas ao Pai em seu nome(Jo 14.14).
O Senhor Jesus, em seu ministério terreno, tinha a necessidade de orar porque reconhecia a importância da vida de oração.
A Palavra de Deus nos orienta a sermos perseverantes na oração, isto é, orarmos sem esmorecer, sem cansar e sem retroceder. O apóstolo Paulo viveu esta realidade em sua vida e deu-nos exemplo de perseverança na oração. Tanto em momentos de bonança, quando tudo ia bem, quanto nos momentos mais difíceis, perigosos e cruéis, ele experimentou a prática saudável e geradora de paz e segurança que é a oração. As Escrituras nos ensinam que:
Neste ano que se inicia, procure orar mais. Busque a face do Senhor. Não busque apenas o que Ele tem nas mãos para lhe oferecer. Busque a Sua doce presença. Permita que a luz de Sua glória brilhe em você. Vá, agora, para o doce e perfeito momento de comunhão com o Pai Celestial e, ao contemplá-Lo em Sua majestade, você será transformado de glória em glória na imagem do Senhor Jesus (2 Coríntios 3.18). Deus o abençoe, fazendo resplandecer o Seu rosto sobre seu viver.
Faça da oração uma prática diária.
Faça da oração uma necessidade básica.
A prece, a oração é um ato de adoração. Orar a Deus é pensar n’Ele; é aproximar-se d’Ele; é pôr-se em comunicação com Ele. A três coisas podemos propor-nos por meio da prece: louvar, pedir e agradecer.  Pode-se dizer, também, que a prece é uma invocação, mediante a qual o homem entra, pelo pensamento, em comunicação com o ser a quem se dirige. 
Pela prece, obtém, o homem o concurso dos bons Espíritos, que acorrem a sustentá-lo em suas boas resoluções e a inspirar-lhes ideias sãs. Ele adquire, desse modo, a força moral necessária a vencer as dificuldades e a volver ao caminho reto, se dele se afastou. Por esse meio, pode também desviar de si os males que atrairia pelas suas próprias faltasEstá no pensamento o poder da prece, que por nada depende nem das palavras, nem do momento em que seja feita. Pode-se, portanto, orar em toda parte, e a qualquer hora, a sós ou em comum
Não necessitando com isso de um espaço físico.
Ore, converse com Deus. Aproxime-se Dele e Ele se aproximará de ti caríssimos irmãos em Cristo Jesus.
Encerramos aqui mais Evangelho no Lar.

Últimas considerações

Agradecemos o concurso dos bons espíritos, mentores, guias, anjos da guarda que se fizeram presentes neste salutar estudo.
Caríssimos não faça da oração algo mecânico, apenas para pedir como fazem os meramente religiosos.
Faça da oração uma conversa, um dialogo.
Entre nós e a espiritualidade, sobretudo com o Soberano Deus
Que a bondade divina inunde seu coração, sua mente
Que a luz divina se faça presente em seu lar, sua família e em sua vida
Que a sabedoria divina se faça sempre presente em sua vida, principalmente nos momentos decisórios, ante os problemas e dissabores da vida.


Mensagem do Dia
A oração é uma forma de se manter comunhão com Deus.
Ajudando-nos ante as intempéries da vida.
Quando oramos, fazemos da prática da oração um hábito diário ficamos sintonizados com Deus e a espiritualidade.
Abertos a receber todo auxílio necessário.
A oração não nos impede de passar pelo deserto, mas, nos fortalece, capacita-nos a passar pelo mais árido deserto existencial.







domingo, 17 de junho de 2018


Senhoras e senhores, leitores do Blog Evangelismo Sem Placas Nem Fronteiras. Sejam todos muito bem vindos Vamos a partir de agora separar esse momento para entrarmos em comunhão com Deus.

Em reverência onde você está dobre seus joelhos, sua fronte. Você a partir desse momento entrará em comunhão com Deus.
Você estará frente a frente com Ele. Ele quer Te ouvir.
Não peça nada, apenas agradeça.
Deus opera diariamente tantas maravilhas, muitas das quais sequer tomamos conhecimento ou se percebemos optamos por ignora-las, fazer pouco caso com a falsa crença de que Deus tem obrigações para conosco. Quando é o contrário, nós que somos seus eternos devedores.
Deus ao contrário de nós em relação aos demais nunca desistiu de nós.Nós julgamos segundo a carne, Deus nos julga segundo o espirito.
Nós enxergamos somente o externo do outro, o que nos induz a sermos preconceituosos. Deus, Deus não.
Deus enxerga somente o interior de suas criaturas. Deus não quer saber o tens a lhe oferecer. Deus quer a ti unicamente.
Deus não precisa de nenhum de nós, se Ele quiser pode repetir o feito do ano de Noé, quando Ele nos mandou o dilúvio.
Mesmo após Deus ter sacrificado seu Filho unigênito, sangue de seu sangue, carne de sua carne em favor de todos nós, insistimos em pecar, em fazer pouco caso Dele, de sua Palavra.
Lhe viramos as costas, cerramos os olhos e os ouvidos ao que Ele nos diz e mostra na Bíblia.
Mesmo assim Deus não apenas não desistiu de nós, como continuamente nos chama. Senhor Nosso, pecadores que somos ousamos nos apresentar a Vós.
Ó Soberano Deus, único digno de toda honra e toda glória. Te apresentamos como primícias nossa vida, nosso ser, nossos sonhos e projetos. Se for de Teu agrado receba ó Senhor esta nossa oferta.
Esqueçamos mágoas, rixas, ódio, rancor. Caríssimos, tudo é passageiro. Tudo.
Inclusive nós. Muitos de nós estamos aqui celebrando este culto de louvor e adoração a Deus, mas, e amanhã? Nem todo mundo estará aqui, digo não aqui lendo os posts deste Blog mas no nosso plano.
Muitos de nós estamos aqui pela última vez. Então façamos deste encontro com Deus um momento único.

Busca Inicial

1) Senhor Nosso,amado e querido Deus. Único digno de toda honra e toda glória. 
Pecadores que somos ousamos a entrar em Vossa presença.
Não para vos pedir, mas, unicamente para Vos agradecer. 
Agradecer por esta semana abençoada e produtiva que tivemos em Vossa Santíssima presença. 

Graças e louvores a Ti Senhor Deus rendemos por isso.

Prece 

2) Senhor Nosso Deus piedade de vossos filhos e filhas que de coração contrito por força dos pecados e miséria se apresentam a Vós
Senhor que viestes resgatar os míseros pecadores, tende piedade de cada um de nós.
Que reconhecendo nossas misérias humanas nos apresentamos a Vós humilhados por conta dos pecados imploramos por Vosso perdão e misericórdia.
Tende piedade de nós!
*** Nesse momento faça sua oração particular. Lembrando que a verdadeira oração não é a mecânica, repetitiva. Mas aquela que flui de dentro para fora, naturalmente. Algo que transborda de nosso interior. Então sem receios, reservas entregue-se a Deus, aí mesmo de onde você está.

3) Senhor Nosso Deus piedade de vossos filhos e filhas que de coração contrito por força dos pecados e miséria se apresentam a Vós Senhor que viestes resgatar os míseros pecadores, tende piedade de cada um de nós.
Que reconhecendo nossas misérias humanas nos apresentamos a Vós. Humilhados por conta dos pecados imploramos por Vosso perdão e misericórdia.
Tende piedade de nós.



4) Piedade Senhor de Vossos Filhos e filhas que de coração contrito, coração despedaçado pelos pecados vem a Ti em sincero arrependimento rogar Vosso perdão e vossa misericórdia
Tem Senhor piedade. Humilhados aqui sob Vossos pés estamos, como filhos e filhas pródigo Te pedindo, deixa-nos voltar pois estamos arrependidos. Escuta Senhor os rogos de Vossos filhos e filhas que orando em nome de Jesus pedem Vosso perdão.

5) Senhor nosso,amado e querido Deus.
Único digno de toda honra e toda glória
Cá estamos nós Senhor para celebrarmos mais um culto de adoração a Ti.
Que este nosso encontro seja especial, único e exclusivo.
Não sabemos se esta será nossa última noite aqui neste planeta.
Volta Tua face para nós.
Queremos conhecer-Te, queremos receber-Te.
Tem misericórdia Senhor de cada de nós.
Abençoa Senhor este culto.
Abençoa Senhor nosso estudo.
Fala conosco Senhor. 
Queremos ouvir-Te, queremos escutar-Te.
Que este salutar estudo nos seja proveitoso e abençoado.
Que saiamos daqui renovados, na certeza de que Tu nos falastes.
E se essa nos for a última noite juntos Tu nos receba em Teu plano de amor, justiça e misericórdia.
Em Tuas mãos nos encomendamos desde já.
Oramos todos unidos em nome do Senhor Jesus que com seu sangue vertido na Cruz do Calvário nos resgatou.
Assim o seja.

6) Amado e querido Deus apresentamos a Ti, ó Soberano Deus
Nossa vida, nossos sonhos, projetos e a Te entregamos como oferta.Toma Senhor tudo é Teu.
Unicamente Teu.
Faça-se, cumpra-se unicamente Tua soberana vontade em nossa vida.
Se for de Tua vontade que tenhamos uma semana abençoada e feliz.
Se não for Senhor Deus rendemos-Te graças do mesmo jeito.
Pois sabemos que tudo coopera para nosso próprio bem e adiantamento moral e espiritual.


Estudo Bíblico - Números Cap. 9
E falou o SENHOR a Moisés no deserto de Sinai, no ano segundo da sua saída da terra do Egito, no primeiro mês, dizendo: Celebrem os filhos de Israel a páscoa a seu tempo determinado.
No dia catorze deste mês, pela tarde, a seu tempo determinado a celebrareis; segundo todos os seus estatutos, e segundo todos os seus ritos, a celebrareis.
Disse, pois, Moisés aos filhos de Israel que celebrassem a páscoa.
Então celebraram a páscoa no dia catorze do primeiro mês, pela tarde, no deserto de Sinai; conforme a tudo o que o Senhor ordenara a Moisés, assim fizeram os filhos de Israel.
E houve alguns que estavam imundos por terem tocado o corpo de um homem morto; e não podiam celebrar a páscoa naquele dia; por isso se chegaram perante Moisés e Arão naquele mesmo dia; E aqueles homens disseram-lhe: Imundos estamos nós pelo corpo de um homem morto; por que seríamos privados de oferecer a oferta do Senhor a seu tempo determinado no meio dos filhos de Israel?
E disse-lhes Moisés: Esperai, e eu ouvirei o que o Senhor vos ordenará. Então falou o Senhor a Moisés, dizendo: Fala aos filhos de Israel, dizendo: Quando alguém entre vós, ou entre as vossas gerações, for imundo por tocar corpo morto, ou achar-se em jornada longe de vós, contudo ainda celebrará a páscoa ao Senhor.
No mês segundo, no dia catorze à tarde, a celebrarão; com pães ázimos e ervas amargas a comerão. Dela nada deixarão até à manhã, e dela não quebrarão osso algum; segundo todo o estatuto da páscoa a celebrarão.
Porém, quando um homem for limpo, e não estiver em viagem, e deixar de celebrar a páscoa, essa alma do seu povo será extirpada; porquanto não ofereceu a oferta do Senhor a seu tempo determinado; esse homem levará o seu pecado.
E, quando um estrangeiro peregrinar entre vós, e também celebrar a páscoa ao Senhor, segundo o estatuto da páscoa e segundo o seu rito assim a celebrará; um mesmo estatuto haverá para vós, assim para o estrangeiro, como para o natural da terra.
E no dia em que foi levantado o tabernáculo, a nuvem cobriu o tabernáculo sobre a tenda do testemunho; e à tarde estava sobre o tabernáculo com uma aparência de fogo até à manhã.
Assim era de contínuo: a nuvem o cobria, e de noite havia aparência de fogo. Mas sempre que a nuvem se alçava de sobre a tenda, os filhos de Israel partiam; e no lugar onde a nuvem parava, ali os filhos de Israel se acampavam.
Segundo a ordem do Senhor, os filhos de Israel partiam, e segundo a ordem do Senhor se acampavam; todos os dias em que a nuvem parava sobre o tabernáculo, ficavam acampados.
E, quando a nuvem se detinha muitos dias sobre o tabernáculo, então os filhos de Israel cumpriam a ordem do Senhor, e não partiam.
E, quando a nuvem ficava poucos dias sobre o tabernáculo, segundo a ordem do Senhor se alojavam, e segundo a ordem do Senhor partiam.
Porém, outras vezes a nuvem ficava desde a tarde até à manhã, e quando ela se alçava pela manhã, então partiam; quer de dia quer de noite alçando-se a nuvem, partiam.
Ou, quando a nuvem sobre o tabernáculo se detinha dois dias, ou um mês, ou um ano, ficando sobre ele, então os filhos de Israel se alojavam, e não partiam; e alçando-se ela, partiam.
Segundo a ordem do Senhor se alojavam, e segundo a ordem do Senhor partiam; cumpriam o seu dever para com o Senhor, segundo a ordem do Senhor por intermédio de Moisés.
Números 9:1-23

Concluiremos por assim dizer neste capítulo a segunda parte da divisão do Tabernáculo Central.
Onde terminaremos a terceira subdivisão: Outros aspectos importantes do tabernáculo – 8:5 a 9:14. Dentro desses outros aspectos, há dois subtópicos, os levitas – vs 8:5 ao 26 e a Páscoa – vs 9:1-14 que veremos em seguida.
Onde todo judeu deveria observá-la diligentemente sob pena de exclusão da comunidade israelita.
Este capítulo nos ensina bem dizer tudo acerca da Páscoa nos remetendo de forma subliminar a Cristo e seu sacrifício.
Senão vejamos: A Páscoa era uma lembrança do passado uma realização do presente e uma antecipação do futuro. Sacrifício, morte e ressurreição de Cristo.
Sacrifício de um cordeiro. Cordeiro este que mais tarde viria mais tarde humanado na pessoa de Cristo. Em outras palavras O cordeiro pascal era a figura do Cordeiro de Deus, nosso Senhor Jesus Cristo, cujos ossos não foram quebrados, e cujo sangue foi vertido na Cruz do Calvário para a nossa redenção.  

A Páscoa original foi comemorada quando Israel saiu do Egito, no primeiro mês, no mês quando a cevada ('eibib) acabava de amadurecer. Agora o povo celebrava a primeira Páscoa (pesah) em comemoração a este acontecimento, começando com o décimo quarto dia do primeiro mês do segundo ano. O propósito desta seção não é falar da Páscoa, mas falar de uma provisão feita por aqueles que não foram capazes de comemorar a Páscoa. Por isso esta seção foi inserida aqui, pois a guarda desta Páscoa suplementar começou no décimo quarto dia do segundo mês, um mês e meio depois da data inicial do livro. 
A Páscoa instituída entre os judeus - Pessach - é comemorada pela conquista da liberdade dos hebreus, que viviam como escravos no Egito. 
Essa libertação coincidiu com a Primavera, que ocorria no mês hebraico (nissan) que corresponde mais ou menos aos últimos dias de março e meados de abril.
Tradição esta por sinal observada até os dias de hoje onde, para os judeus, a Páscoa representa a travessia pelo mar Vermelho, quando o povo liderado por Moisés passou da escravidão do Egito para a liberdade na Terra Prometida mas sem o sacrifício de um cordeiro, porque não existe mais um templo onde podem fazer o sacrifício. Junto com vários outros elementos acrescentados pela tradição, os judeus celebram a refeição da Páscoa em memória da libertação da escravidão.


7) De fronte dobrada mais uma vez, rendamo-nos ao Senhor Nosso Deus. Adoremo-no em espirito e verdade:
***Nesse momento faça sua oração particular. Lembrando que a verdadeira oração não é mecânica, mas, algo que flui naturalmente. Algo que transborda de nosso interior. Então sem receios, reservas entregue-se a Deus, aí mesmo de onde você está.

Encerramos aqui mais um culto dominical, lembrando que teremos ainda a prece pela família e a noite nosso Evangelho no Lar a partir das 20h.


8) Pai nosso que estais nos céus Santificado Seja Vosso Nome.
Venha a nós o Vosso reino.
Seja feita a Tua vontade.
Assim na Terra como nos céus. O pão nosso de cada dia dá-nos hoje.
Dá nos Senhor a sabedoria de perdoar aos nossos ofensores como Tu perdoastes teus agressores em Tua crucificação.
Dá-nos a Tua pureza de olhar o outro como a um irmão. Sem julgamento, criticas de toda sorte e natureza e a ele estender a mão sem nada esperar em troca.
Não nos deixeis cair nas amarras da amargura, do preconceito, do murmurio, da ofensa e da inveja. E todo e qualquer sentimento negativo, que venha nos separar de Ti Soberano Deus de amor, paz e justiça.
Livra-nos de todos os males e daqueles os quais teremos que indubitavelmente passar faz-nos lembrar que tudo coopera para nosso próprio bem, amadurecimento e crescimento espiritual e pessoal.
Assim o seja.

9) O Senhor te abençoe e te guarde
E tenha misericórdia de ti
O Senhor sobre ti levante o rosto e te dê a paz
Em nome do Senhor Jesus.O Senhor faça resplandecer seu rosto sobre ti
Fiquem em paz e que o Senhor te abençoe
Oramos em Nome do Senhor Jesus
Assim o seja!







Prece aos Desencarnados

Caríssimos irmãos e irmãs em Cristo Jesus Irmanados na mesma fé, lembremo-nos hoje de nossos irmãos e irmãs que desencarnaram em meio a...